Um Pedreiro morador de Campos Altos no Maranhão cavou um túnel em sua casa para ir para o carnaval escondido de sua esposa.

Pedro Ricardo afirmou que sua esposa o prendia em casa e se sentia um verdadeiro detento dentro de sua própria casa e por isso resolveu tomar a medida desesperada de cavar um túnel sabendo que a mesma não iria deixa-lo sair para brincar o carnaval com seus amigos.

O plano foi para as "cucuias" quando foi intimado a comparecer a promotoria por ter estragado a tubulação da casa de um vizinho.

“Depois de assistir o filme ‘Um Sonho de Liberdade’, decidi fazer algo sobre isso, então eu comecei a cavar um buraco em direção ao Bar. Usei todo tipo de ferramenta, de colheres a furadeiras, eu fazia isso enquanto ela ia fazer as compras". disse o Pedreiro.

"Para ser honesto, ainda bem que me pegaram. Minha esposa sentia o cheiro do álcool e eu afirmava que era meu cheiro natural. Era questão de tempo até que alguém me pegasse. O dono do Bar sempre se perguntou como eu chegava lá ‘do nada’ “, finalizou.


A produção de soja brasileira na safra 2018/19 deve cair por conta da seca, disseram nesta sexta-feira (4) a Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil) e a consultoria INTL FCStone.

Para a Aprosoja, a safra do grão no país, em fase inicial de colheita, deverá totalizar entre 110 milhões e 115 milhões de toneladas. A estiagem em importantes regiões produtoras retirou das lavouras o potencial produtivo recorde, segundo a entidade.

À Reuters, o presidente da associação, Bartolomeu Braz, disse que se as chuvas não ocorrerem nas próximas semanas, o cenário é "catastrófico" para as plantações do maior exportador mundial da oleaginosa.

Braz deu as declarações após a INTL FCStone cortar em cerca de 4 milhões de toneladas a sua previsão para a safra de soja do país. A consultoria espera que a produção atinja 116,2 milhões de toneladas, ante os 120,2 milhões de toneladas previstas em dezembro.

Em relatório divulgado na véspera a clientes, a consultoria relacionou a redução ao clima bastante quente e seco nas última semanas.

Em 2017/18, o Brasil colheu um recorde de 119,3 milhões de toneladas.
A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou na noite de quinta-feira (3), em entrevista à GloboNews, que não se arrepende da declaração polêmica que deu logo após assumir o cargo, sobre cores para meninos e meninas. Ela também disse que o governo Bolsonaro não vai acabar com nenhum direito adquirido pela população LGBTI.

Na entrevista ao "Jornal das Dez", Damares voltou a dizer que a frase em que afirma que "menino veste azul e menina veste rosa" era uma "metáfora" contra o que chama de "ideologia de gênero", e explicou a declaração ao responder se estava arrependida, diante da repercussão da fala.

"De jeito nenhum. Foi uma metáfora. Nós temos no Brasil o 'Outubro Rosa', que diz respeito ao câncer de mama com mulheres, temos o 'Novembro Azul', que é com relação ao câncer de próstata com o homem. Então quando eu disse que menina veste cor de rosa e menino veste azul, é que nós vamos estar respeitando a identidade biológica das crianças", disse.

Vídeo de ministra sobre cores para crianças repercute nas redes

A frase foi registrada em um vídeo feito por apoiadores, logo após Damares assumir o ministério. Ao final da fala, a ministra foi aplaudida pelo público que a cercava em uma sala.

A declaração provocou repercussão e foi criticada, ficando entre os assuntos mais comentados nas redes sociais nesta quinta-feira. Foi criada também a hashtag "cor não tem gênero". O cantor Caetano Veloso divulgou uma foto, usando cor de rosa.
Ronaldinho Gaúcho foi proibido pela Justiça brasileira de viajar para Dubai, nos Emirados Árabes, onde estava entre os anunciados para participar de uma conferência sobre esportes, pelo não cumprimento de uma multa avaliada em 2 milhões de euros (R$ 9 milhões) por um crime ambiental. A informação é do jornal espanhol 'As'.

O juiz Newton Fabrício, da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, apreendeu o passaporte do jogador e de seu irmão Assis por conta de uma sentença imposta em 2015.


O ex-jogador estava fora do país quando a decisão foi anunciada, em novembro e, desde então, não voltou ao Brasil até meados de dezembro, quando teve seu passaporte confiscado. Entre o anúncio da decisão e sua volta ao Brasil, Ronaldinho seguiu cumprindo compromissos publicitários ao redor do mundo.

— Me parece que estamos diante de uma situação aonde o condenado claramente zomba da Justiça diante da sociedade brasileira e mundial - afirmou o Fiscal Brasilino Pereira dos Santos, em comunicado.

Ainda de acordo com o jornal espanhol, após várias tentativas da Justiça para que o jogador e o irmão cumprissem a sentença e efetuassem o pagamento da multa, o Fisco interviu nas contas bancárias do ex-jogador e encontrou apenas seis euros (R$ 24 reais) em seu saldo.
Desburocratização e enxugamento da máquina pública e melhoria da qualidade de serviços prestados à população brasileira estarão sobre a mesa

Diante de 22 ministros já empossados, o presidente Jair Bolsonaro iniciou na manhã desta quinta-feira (3) a primeira reunião do primeiro escalão de seu governo.

O encontro, que ocorre dois dias depois da posse, deve concentrar temas prioritários de cada ministério.

Desburocratização e enxugamento da máquina pública e melhoria da qualidade de serviços prestados à população brasileira estarão sobre a mesa.

Nesta quinta, mais de 300 funcionários comissionados que integravam a Casa Civil da Presidência da República na última gestão foram exonerados. A medida foi adotada para uma nova composição de equipe mais alinhada com o novo governo.

A Polícia Civil de Goiás apreendeu na terça-feira, 18, uma mala com dinheiro em espécie e armas na casa do médium João Teixeira de Faria, o João de Deus. A residência fica na cidade de Abadiânia (GO), onde ele se tornou conhecido como líder espiritual, e era um dos alvos dos mandados de busca e apreensão que foram cumpridos pelos agentes nesta terça-feira, 18.

Os policiais não divulgaram ainda qual seria o valor encontrado nem quantas seriam essas armas. Mas a reportagem apurou que os agentes da força-tarefa gastaram algumas horas fazendo a contagem das notas de dinheiro após a apreensão.

Veja a cobertura completa do caso João de Deus

O montante deve ser divulgado em entrevista coletiva, marcada para o fim da manhã desta quarta-feira. Questionado sobre a descoberta, o advogado de João de Deus, Alberto Toron, negou que o dinheiro tenha qualquer relação com a suposta movimentação de R$ 35 milhões nas contas de João de Deus, registrada às vésperas da prisão dele, no domingo, 16.

Ainda que o dinheiro encontrado não tenha relação com essas movimentações bancárias da semana passada, a apreensão deve dificultar ainda mais os pedidos da defesa para a revogação da prisão preventiva do líder religioso. A estratégia da defesa era converter a detenção do médium em prisão domiciliar, por exemplo.

As buscas realizadas na tarde desta terça-feira duraram pouco mais de quatro horas e se concentraram em três endereços principais: a Casa Dom Inácio de Loyola, onde João de Deus fazia os atendimentos espirituais, a residência pessoal do médium e o endereço de uma entidade comunitária, conhecida como Casa da Sopa, que distribui alimentação para os moradores da comunidade.

Da casa onde mora João de Deus, a Polícia retirou um malote com o dinheiros, as armas, além de documentos que serão averiguados para seu possível uso como prova documental na investigação de abuso sexual. O primeiro local a ser alvo de buscas da polícia na cidade goiana foi a Casa Dom Inácio Loyola. No centro, os policiais passaram pelo escritório administrativo, pelos salões onde aconteciam os cultos e também pelas salas pessoais de João de Deus.

Um dos principais auxiliares do médium, conhecido como Chico Lobo, teve de apresentar à Polícia Civil como é a rotina de atendimento ao público. O auxiliar foi filmado demonstrando as etapas pelas quais os seguidores e fiéis têm de passar para realizar as sessões na casa.

Durante toda a busca, um dos advogados de João de Deus teve de acompanhar os trabalhos e deu explicações aos policiais. Ele também teve de fornecer chaves de armários e gavetas que estavam trancadas. O objetivo desses mandados de busca e apreensão é esclarecer divergências em relação aos depoimentos das vítimas e do líder espiritual em sua defesa. A Polícia Civil de Goiás deve encerrar seus primeiros inquéritos até sexta-feira, 21. Por enquanto, o médium é investigado por envolvimento em 15 casos de abuso sexual.
O ator Macaulay Culkin interpretou Kevin McCallister, 28 anos depois da estreia do primeiro ‘Esqueceram de Mim‘, e o resultado foi só nostalgia. A retomada da trama se deu por causa de um comercial do Google.

Um corte após o outro, Culkin recriou algumas das cenas do clássico natalino. Dessa vez um Kevin já adulto usa a ferramenta Google Assistant para ajudá-lo nas obrigações do dia.

© Fornecido por Abril Comunicações S.A. macaulay culkin kevin esqueceram de mim

A semelhança entre as cenas originais e as do comercial é impressionante. Mas em alguns casos – como na clássica cena da loção pós-barba – o Google Assistant fornece um final diferente. O mais divertido é vê-lo fazer as coisas que fazia quando criança, mesmo estando com 38 anos – pular na cama já dá dor nas costas, e a “Operação Kevin”, para despistar os ladrões, é feita automaticamente, com um comando de voz.

Veja na íntegra a recriação do clássico de Natal “Esqueceram de mim”:

Petição foi apresentada à juíza que cuida da execução penal de Lula na tarde desta quarta-feira (19). Decisão atinge réus presos condenados em segunda instância.

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva requisitou à Justiça Federal do Paraná, na tarde desta quarta-feira (19), a expedição de alvará de soltura. O pedido veio minutos após a divulgação da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello, com liminar para soltura de réus presos após condenação em segunda instância em processos sem trânsito em julgado.

A petição da defesa de Lula foi apresentada à 12ª Vara Federal Criminal do Paraná às 14h48 desta quarta-feira (19). A juíza responsável pela execução penal de Lula é Carolina Lebbos.

A Justiça Federal informou que a 12ª Vara está recebendo vários pedidos de soltura, e que cada caso é específico. Por isso, ainda não há prazo para a liberação dos presos.

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva está detido na carceragem da Polícia Federal (PF) desde abril deste ano.

Ele cumpre pena de 12 anos e 1 mês de prisão pela condenação no caso do triplex em Guarujá (SP). Lula foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele nega as acusações e tem recursos pendentes de análise nos tribunais superiores (Superior Tribunal de Justiça e Supremo Tribunal Federal).

Para a defesa, "torna-se imperioso dar-se imediato cumprimento à decisão emanada da Suprema Corte". Os advogados também requisitaram a dispensa do exame de corpo de delito.

Até a atualização desta reportagem não havia decisão sobre o pedido.
A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, se manifestou em rede social sobre o pedido da defesa.
A Procuradoria-geral da República entrou com um recurso a respeito da decisão de Marco Aurélio Mello. Desde as 15h de hoje, todos os recursos são dirigidos diretamente à presidência do STF em razão do recesso do Judiciário.

A tendência hoje é que Dias Toffoli, presidente da casa, acate o recurso da procuradoria, embora Toffoli seja favorável ao cumprimento da pena somente depois da condenação pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Dias Toffoli pautou para abril o julgamento das ADCs (Ações Declaratórias de Constitucionalidade), que tratam do cumprimento provisório da pena e que são relatadas por Marco Aurélio.

Por isso, a decisão do ministro do STF de conceder a liminar hoje a favor dos presos provisórios causou incômodo na presidência do Supremo.
O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, afirmou ao blog nesta quarta-feira (19) que, se o tribunal ainda for "o Supremo", a decisão dele terá de ser obedecida.


Mais cedo, nesta quarta, Marco Aurélio mandou soltar todas as pessoas que estiverem presas por terem sido condenadas pela segunda instância da Justiça.

A decisão atinge diretamente o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde abril por ter sido condenado pelo Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF-4).

"Se o Supremo ainda for o Supremo, minha decisão tem que ser obedecida, a não ser que seja cassada", afirmou.

Questionado pelo blog se algum juiz pode não acatar a decisão, Marco Aurélio repsondeu:
"Vai ser um teste para a nossa democracia, para ver se as nossas instituições ainda são respeitadas."

Marco Aurélio relatou que vinha tentando pautar o tema no plenário do STF durante todo este ano, mas o tribunal não colocava a ação em julgamento.

Para o ministro, "os tempos mudaram", isso porque, na opinião dele, quando o caso é urgente, o plenário deve analisar rapidamente.

"Achei que não podia encerrar o ano no Judiciário sem tomar uma decisão sobre o assunto, por isso tomei uma decisão", disse.

Indagado, então, se teme ser criticado, afirmou: "Magistratura é opção de vida. Não ocupo cadeira do Supremo voltado a fazer relações públicas. É o meu dever seguir minha consciência, e temos de cumprir o nosso dever".
Gigante da web comemora 20 anos com GIF personalizado na pagina do buscador

O Google faz aniversário nesta quinta-feira (27) e celebra os 20 anos de criação com um Doodle animado. No vídeo, as tradicionais letras da marca se tornam balões de festa em que, a dupla de "O"s revela a idade da plataforma de pesquisas, caixas de presentes complementam a figura nas cores azul, amarela, verde e vermelha, típicas da empresa. Além disso, o início do filme mostra a primeira interface do site de buscas, de 1998, com a pergunta: "o que é Google?".

O Google costuma comemorar a data com ilustrações desde 2002, quando completou quatro anos em atividade. No último aniversário, uma "Roda de surpresas" com atividades e jogos — como Pac-Man, Snake, Jogo da Velha e Paciência — convidava o usuário a interagir. Em 2016, também foi feito um GIF, no qual a letra "G" assoprava uma bexiga para formar o nome completo da empresa. Quando completava o 17º aniversário, em 2015, a página exibia uma imagem nostálgica para relembrar a época de lançamento, com sua primeira interface.


Google mostra primeira interface do site, de 1998, com a busca "o que é Google?" — Foto: Reprodução/TechTudo

História do Google
Os fundadores do Google, Larry Page e Sergey Brin, se conheceram quando eram estudantes da Universidade Standford, nos Estados Unidos, em 1995. Na época, o interesse por agregar em um único site todos os links da web uniu os jovens. O objetivo era organizar e oferecer o maior número possível de informações. Hoje, o Google oferece vários outros serviços como, por exemplo, e-mail, com o Gmail; sistema operacional de celulares, pelo Android; plataforma de vídeos online, com o YouTube; além de pesquisa e visualização de mapas através doGoogle Maps.

Criado como Backrub em 1998, o projeto só foi possível graças ao cientista Andy Bechtolsheim, que investiu US$ 100.000 (cerca de R$ 405.640 em conversão direta). O nome atual, pelo qual ficou conhecido ao redor do mundo, se inspira na expressão matemática "Googol", representada pelo dígito 1 seguido de cem zeros.