Loading...

Safra de soja deve cair por conta da seca, dizem entidades



A produção de soja brasileira na safra 2018/19 deve cair por conta da seca, disseram nesta sexta-feira (4) a Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil) e a consultoria INTL FCStone.

Para a Aprosoja, a safra do grão no país, em fase inicial de colheita, deverá totalizar entre 110 milhões e 115 milhões de toneladas. A estiagem em importantes regiões produtoras retirou das lavouras o potencial produtivo recorde, segundo a entidade.

À Reuters, o presidente da associação, Bartolomeu Braz, disse que se as chuvas não ocorrerem nas próximas semanas, o cenário é "catastrófico" para as plantações do maior exportador mundial da oleaginosa.

Braz deu as declarações após a INTL FCStone cortar em cerca de 4 milhões de toneladas a sua previsão para a safra de soja do país. A consultoria espera que a produção atinja 116,2 milhões de toneladas, ante os 120,2 milhões de toneladas previstas em dezembro.

Em relatório divulgado na véspera a clientes, a consultoria relacionou a redução ao clima bastante quente e seco nas última semanas.

Em 2017/18, o Brasil colheu um recorde de 119,3 milhões de toneladas.
Loading...